ECONOMIZE ATÉ 90 LITROS DE ÁGUA POR DIA; SAIBA COMO

18/02/2016 21:16



No Brasil o consumo de água por pessoa pode atingir mais de 200 litros por dia. No entanto, de acordo com a ONU, são necessários apenas 110 litros de água por dia por pessoa para que ela consuma e se higienize. O Brasil é considerado um dos países com a maior reserva de água doce do mundo, porém também existem problemas como a má distribuição de água e o desperdício absurdo.

Para evitá-lo, confira algumas dicas publicadas pelo site 'Ecycle', que podem te ajudar a também poupar energia e dinheiro:

Banhos

Quanto menor o tempo no banho, maior a economia para o seu bolso e menor o desperdício de água. Demorar um tempão debaixo do chuveiro não é sinônimo de higiene pessoal, pois o tempo ideal para efetuar a limpeza do corpo é de cinco minutos. Uma boa dica é administrar melhor o seu tempo no banho. Primeiro você se molha (chuveiro ligado), depois se ensaboa (registro fechado) e, em seguida, se enxágua (chuveiro ligado). E não há necessidade de abrir o registro até o limite máximo, pois a maior parte da água simplesmente é desperdiçada sem remover o sabonete e o xampu.

Importante: banhos de 15 minutos e que utilizem aquecedores (gás, elétrico ou solar), com o registro meio aberto, consomem de 135 litros de água (casas) a 240 litros de água (apartamentos). Com a adoção do banho de cinco minutos, mantendo o registro fechado na hora de se ensaboar, o consumo é reduzido a 45 litros (casas) e 80 litros (apartamentos). Com o chuveiro elétrico, se adotarmos a mesma prática, reduzimos os gastos para 45 litros (casas) e 140 litros (apartamentos) e, no caso da ducha, o consumo diminui para 15 litros (casas) e 50 litros (apartamentos). Evite também utilizar sabonetes que façam muita espuma.

Escovar os dentes

O gasto de água relacionado a uma escovação de dentes é de 12 litros de água (casas) a 80 litros de água (apartamentos). Para fazer a higienização bucal, utilize pouco creme dental, molhe a escova e feche a torneira durante a escovação. Faça o enxágue com o auxilio de um copo d'água. Atitudes simples como essas podem economizar 11 litros de água em casas e 79 litros em apartamentos.

Lavar e barbear o rosto

Se você lavar o rosto ou fizer a barba com a torneira meio aberta, a média de água gasta é de 2,5 litros (casas) e 16 litros (apartamentos). Mas o que fazer? Abra a torneira para molhar o rosto, depois a feche e passe o creme para barba. Após se barbear, abra a torneira novamente (sem exageros) para fazer o enxágue.

Vaso sanitário

Um vaso sanitário comum, que tenha válvula com tempo de acionamento de 6 segundos, utiliza de 10 a 14 litros por descarga. No entanto, existem modelos de 6 litros que necessitam de um tempo 50% menor de acionamento para fazer a limpeza e podem reduzir o volume de água gasta pela metade.

Verifique com frequência se sua válvula não possui defeitos e mantenha-a sempre regulada, pois caso haja problemas, o nível de gasto pode atingir até 80 litros. Além disso, não use, em hipótese alguma, o vaso sanitário como lixeira.

Cozinha

Lavar a louça com a torneira meio aberta durante 15 minutos pode gastar 120 litros (casas) e 240 litros (apartamentos). Mas com dicas simples, é possível economizar até 20 litros por lavagem.

Reserve um tempo durante o seu dia (conforme sua disponibilidade) para lavar a louça acumulada. Verifique se há talheres ou panelas com restos de comida e descarte os resíduos na lixeira orgânica. Em seguida, coloque talheres e itens pequenos dentro de um recipiente para que a sujeira amoleça. Quando for iniciar a lavagem, ensaboe todos os objetos (sem resíduos de comida) e, após terminar essa etapa, enxágue-os de uma vez só. Máquinas de lavar louça também economizam água.

Use sabões e detergentes caseiros ou isentos de fosfatos e com tensoativos de base vegetal para reduzir o efeito de poluição causado pelas espumas e diminuir as dificuldades do tratamento de esgoto.

Lavagem de roupa

Faça o mesmo procedimento da lavagem de louça: defina um dia da semana (de acordo com sua necessidade e disponibilidade) para realizar a tarefa de lavar roupas. Em caso de peças pequenas, você pode colocá-las de molho em um balde e enxaguá-las de uma única vez. Se você possui lavadora, procure usá-la quando estiver completamente cheia e ligá-la o mínimo de tempo possível. Essa forma, além de contribuir para a redução do desperdício de água, fará com que você economize na conta de energia.

Jardim

Ao regar as plantas do seu jardim durante de 10 minutos, o consumo pode atingir 190 litros de água. Para poupar, é necessário molhar as plantas de manhã ou durante a noite, pois reduz a perda de evaporação, principalmente no verão. Para esse processo, use a mangueira com esguicho-revólver ou regadores - essa atitude pode economizar 100 litros por dia.

Piscina

Quem tem piscina em casa, seja ela fixa ou móvel, precisa investir na proteção superior da mesma para evitar o desperdício. Use capas para evitar que ações do sol (evaporação) e vento (sujeiras) impliquem na perda de água. A evaporação pode acarretar a perca de 3,8 mil litros de água por mês. Ao protegê-la, você também diminui o uso de agentes químicos para limpeza e o consumo de água na atividade de aspiração do lodo, além do próprio descarte de água (geralmente em piscinas grandes).

Vias públicas

Infelizmente, o hábito de "lavar calçadas" é comum no Brasil, mas em outros países ele pode gerar até multas. Pagar a conta não nos dá o direito de usar sem consciência esse recurso que é público. Em hipótese algum use a água para limpar a área de calçadas ou ruas. Nesse caso, use vassouras para juntar e recolher resíduos encontrados e descarte-os corretamente.

Lavagem de veículos

Outro hábito que os brasileiros têm é de lavar veículos nas ruas (em frente de casa, na garagem da casa ou do prédio) com mangueiras. Uma lavagem de duração de 30 minutos, com a mangueira apenas um pouco aberta, pode gastar até 220 litros de água. Com a mangueira aberta até a metade, o gasto pode atingir 560 litros. Para reduzir esse número, utilize um balde e um pano para lavagem (se possível não lave em época de estiagem, onde há pouca chuva e há maior pressão sobre os mananciais) e mais um balde para o enxágue. Com essa prática, o consumo fica em torno de 40 litros.

Agora que você já sabe de tudo isso, trate de economizar a água que é um bem de todos.


Fonte: Ecycle e Sabesp via Tempo Gospel 



Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!